Aowen Jin

REALIDADE (IN)VISÍVEL

 

“O potencial é limitado apenas pelo pensador – por isso acredito que há possibilidades infinitas de criar arte.” Nesta linha percebemos profundamente o génio criativo de Aowen Jin, um nome que se ouve alto quando tentamos relacionar a arte com a invisibilidade. Hoje artista conceituada, poderia nunca o ter sido: “Quando era criança, desenhar sempre me fascinou – embora, na altura, não fosse algo que se encorajasse a perseguir enquanto profissão, na China”. Mas desenhava sem conta sentada no chão do laboratório onde a mãe, cientista, trabalhava. Esta é, por isso, uma história de possibilidades. Do limbo entre o que nem sempre se vê, mas está quase sempre lá.
Foi para o Reino Unido estudar Economia e Direito, mas, uma vez aí, Aowen Jin percebeu que o seu verdadeiro sonho era “ser artista”, que qualquer outra carreira que se obrigasse a seguir seria “desprazerosa e insincera”. E assim trocou de áreas, começando a estudar aquilo que verdadeiramente a apaixonava. Inspiram-na as pessoas, as suas histórias, a crença de que quando começamos a pensar em locais “em termos de pessoas ao invés de política” a nossa “perspetiva do mundo pode mudar”.
(…)

Publicado na ROOF 14

 

 

Texto: Inês Mendes
Fotos: Aowen Jin

Aowen Jin

Dentro e fora de portas, na ROOF – An IN & OUT Magazine percorremos o mundo para reunir as melhores propostas de arquitetura, interiores, design, cultura e lifestyle.

DESCARREGAR APP MOBILE