Guia Michelin 2019

A gala do Guia Michelin para 2019, pela primeira vez apresentado em terras lusas – no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa – foi marcada pela distinção de três novos restaurantes com uma estrela Michelin. São eles A Cozinha, por António Loureiro, em Guimarães, o G Pousada – a cargo dos irmãos Gonçalves, em Bragança, e o Midori, sob a direção do chef Pedro Almeida, em Sintra.
A noite foi especialmente significativa para Henrique Sá Pessoa, que viu o seu ALMA, em Lisboa, ser agraciado com um segundo ‘macaron’ (está aberto desde 2015) – iguala, assim, o Belcanto, de José Avillez, que mantém as suas duas estrelas. Aliás, nenhum dos restaurantes portugueses distinguidos com este galardão da gastronomia o viu ser retirado. Destaca-se a estrela Michelin do LOCO, comandado pelo chef Alexandre Silva, conquistada há já três anos, e a da Fortaleza do Guincho, cuja direção passa agora do chef Miguel Rocha Vieira para Gil Fernandes.

 

ALMA, de Henrique Sá Pessoa

(Fotografia: Nuno Correira e Paulo Barata)

 

A Cozinha, por António Loureiro

(Fotografia: Cortesia d`A Cozinha)

 

Fortaleza do Guincho, de Gil Fernandes

(Fotografia: Corstesia de Fortaleza do Guincho)

 

LOCO, de Alexandre Silva

(Fotografia: Paulo Barata)

Dentro e fora de portas, na ROOF – An IN & OUT Magazine percorremos o mundo para reunir as melhores propostas de arquitetura, interiores, design, cultura e lifestyle.

DESCARREGAR APP MOBILE