Casa Messner

Um sonho realizado.



A paisagem que a província italiana de Bolzano nos dá poderia aparecer num postal de cartão. Para lá das montanhas que cercam a vila, ergue-se a casa Messner. Restaurada há dois anos, a residência mantém a estrutura original – datada de 1850 – e é fruto das memórias de infância do arquiteto Stefan Rier.




“Passei grande parte da minha infância a brincar em celeiros”, conta. Assim se explica a aparência da casa, vista de fora. Uma grade de madeira cobre a estrutura do edifício, à semelhança do que acontece nos celeiros alpinos. É um exterior que reflete a linguagem arquitetónica de um ambiente montanhoso. A ideia, acrescenta Rier, era ter um projeto que “respeitasse a estética e os aspetos urbanos da aldeia”.
A tradição esteve presente na mente de Stefan Rier, mas a inovação também. Dentro da casa, sente-se um impulso visionário do arquiteto e vê-se uma identidade original, uma estruturação inovadora do espaço doméstico.




A clássica divisão de uma casa por salas dá lugar a um modelo de “caixas suspensas” em diferentes alturas, ligadas por escadas de aço. Foi a solução encontrada para dar a sensação de que se trilha uma montanha em direção ao cume.
A casa desenvolve-se, assim, na vertical, com o destaque no último piso. É onde se encontra a sauna, numa caixa com uma vista panorâmica para as montanhas da região.
Os corredores também são projetados de forma meticulosa. Acomodam outras áreas como a biblioteca ou o quarto de banho, com a banheira e o chuveiro abertos.




O propósito foi sempre encontrar soluções originais, com o foco na formalidade, mas, também, na funcionalidade. Terminada em 2017, a casa Messner é o espelho de uma dicotomia entre a tradição e a inovação e resume um sonho de criança tornado realidade.


Fotos: Alex Filz
noa*

Dentro e fora de portas, na ROOF – An IN & OUT Magazine percorremos o mundo para reunir as melhores propostas de arquitetura, interiores, design, cultura e lifestyle.

DESCARREGAR APP MOBILE