1908

Beleza do Intendente.




Lisboa tem sempre uma mão cheia de espaços para nos dar a conhecer a sua história, a sua beleza, a sua luz. Desta vez, encaminhou-nos para o Intendente para nos apresentar o hotel 1908, e o seu restaurante Infame. A fachada chamava-nos e convidava-nos a entrar, com a promessa de momentos bonitos e sossegados. As instalações de Bordalo II, feitas com detritos obras de reabilitação daquele mesmo edifício, impressionam logo à partida, sobretudo a libélula que ocupa uma parede inteira na zona do bar. Esta é uma área cujas cores –  do verde seco do sofá ao tijolo, preto e branco que compõem a geometria do chão – nos acolheram profundamente.





O 1908 é um boutique hotel, cujo nome é uma homenagem ao Prémio Valmor que o edifício valeu ao arquiteto que o projetou, Adães Bermudes, e uma das coroas da reabilitação, projetada pelo arquiteto Pardal Monteiro, é o quarto da cúpula que nos apresenta uma vista privilegiada para o Castelo de São Jorge e cujas escadas em caracol nos hipnotizam. Destaca-se também a importância dada às artes. Além de Bordalo II, os olhos prendem-se com facilidade no mural de Vanessa Teodoro, que nos conta a história do edifício e da área envolvente. Aberto há já 3 anos, foi mais uma passo no renascer do Intendente como uma zona in da capital, não só pelo quartos confortáveis e luminosos, mas também pelo bar descontraído e pelo Infame, o restaurante que é já uma referência em Lisboa.





Foi ali que provámos o recente menu de degustação vegetariano e deixámos-nos levar por uma experiência de sabores intensos, mas delicados. Começámos com o delicioso cocktail Perception, e estávamos prontos para os pratos que se seguiram, dos quais destacamos as Veggie Pakoras, com legumes e maionese togaroshi, a Salada Infame 3.0 – uma salada quente com mini alface, beringela, rebentos de soja, cogumelos shimeji, pêra, ovo e queijo da ilha – e a sobremesa de que nunca nos esqueceremos – o bolo de tâmaras com gelado de baunilha e caramelo de whisky.
O 1908 é um momento completo, ou vários momentos que se completam entre si. É um espaço que marca pelo sossego e pela descontração, pela certeza de que será um tempo bem passado.





Texto
Inês Mendes
Fotografia
Philippe Simões

Web
1908

Dentro e fora de portas, na ROOF – An IN & OUT Magazine percorremos o mundo para reunir as melhores propostas de arquitetura, interiores, design, cultura e lifestyle.

DESCARREGAR APP MOBILE