You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.

Aires Mateus

Revista Arquitetura | 29 Fev 2015

VOLUMES EM TENSÃO

 

“Coerente e brilhante” – foram os atributos que o júri do concurso internacional para a criação do Museu de Design e Arte Aplicadas Contemporâneas [MUDAC] e do Museu da Fotografia de l’Elysée, em Lausanne, utilizou para qualificar a proposta do atelier Aires Mateus & Associados, acrescentando que o plano dos arquitetos portugueses “convenceu pela sua força, claridade e simplicidade”, sendo unanimemente considerado como vencedor.

Elucidativamente descrito pelos próprios arquitetos como “um museu, dois museus, um espaço”, o projeto de Manuel e Francisco Aires Mateus desenvolve-se como um único invólucro cujo interior é composto pelas duas valências.

Partilhando o mesmo edifício e o mesmo foyer, que se estende para o exterior e se relaciona com ele numa base de transparência, o par de museus responde aos requisitos impostos pelos dois espaços museológicos – o MUDAC, localizado no piso 1, com o seu teto como um enorme espaço de luz, desenha a cobertura; o Museu de l’Elysée, situado no piso -1, com luz controlada para não deteriorar a sua coleção, define o pavimento. (…)

Publicado na ROOF 1

Texto: Paula Monteiro
Fotos: Aires Mateus & Associados

www.airesmateus.com

 

Para ler o artigo completo assine a ROOF - An IN & OUT Magazine na versão em papel ou digital

Subscrever a Revista

Relacionados

#Siga-nos no Instagram @roofmagazine